Outras famílias ainda chegam a acreditar que leite em pó possa ser a solução quando o bebê não ganha peso.
E são eles que dirão se o seu bebê, de fato, não está ganhando peso.
Sinal de alerta, os sinais de alerta são dados quando o recém-nascido começa a perder peso depois do prazo de 15 dias de nascimento.
Os bebês perdem este percentual de peso quando nascem porque, basicamente, nascem com uma reserva que a natureza determina a ele para realizar atividades que ele não realizava dentro do útero como chorar, se movimentar, mamar, respirar, etc.A criança está comendo menos calorias do que o seu corpo necessita.Existem gráficos de referência para peso, estatura e índice de massa corpórea de crianças, de acordo com a idade e sexo, dessa forma, são eles que dirão se o seu bebê, de fato, não está no peso recomendável.A mãe nunca deve achar que é culpa dela o fato de o bebê não estar ganhando peso.Muita calma nesta hora.Somente o médico poderá passar as recomendações adequadas.Então fique atenta, uma semana ou duas de nascido não é referência para determinar se um bebê perdeu peso, porque ele ainda esta ganhe mais likes no instagram dentro do prazo para ganhar os 10 que se perde após o nascimento e não só um dado, como ganho de peso.É normal e esperado que o bebê tenha uma perda de peso quando nasce de até 10 do peso de nascimento e ele geralmente costuma ganhar de novo este peso perdido inicialmente entre 10 e 15 dias depois de nascido, ou seja, ir no pediatra.Pensar assim é colocar todos os bebês dentro de um padrão específico, que nem sempre é igual para todos e isto, também não é real.
Má utilização dos nutrientes.




O esperado é que um recém-nascido ganhe de 25 a 35 gramas por dia.Ele apenas sinaliza atenção para tentar corrigir possíveis problemas na amamentação que não tem ajudado o bebê a ganhar o quanto deveria.Certamente que o bebê ganhar peso é importante e mostra dia a dia que ele tem se desenvolvido, e estas medidas são um dos referenciais de quê ele esta bem.Outro problema comum é a mãe associar as mamadas frequentes, que são normais, a leite insuficiente.Esta é uma média de avaliação e acompanhamento do pediatra, e qualquer ganho menor do que este nem sempre significa um problema, ainda mais se sua curva estiver ascendente.Não tomar nenhuma atitude por conta própria.O pior desta preocupação diária das mães com o ganho de peso é que, pode motiva-las a complementarem a alimentação do bebê sem motivo, e as vezes até mesmo pediatras, fazem isto sem necessidade.Muitas vezes ví mães comentando que em determinado mês o bebê esteve doente e mamou menos (obviamente) o fazendo não ganhar o peso de costume e a primeira coisa que elas ouvem do pediatra é que se continuar assim será preciso complementar.Porém, na verdade, há muita coisa para ser levada em consideração e somente um pediatra poderá passar as orientações corretas de acordo com cada caso.Tatiana reforça que o pediatra é o profissional que avaliará se há realmente um déficit de ganho de peso, e o que procurará e elucidará a causa ou as múltiplas causas de por que o bebê não ganha peso, finaliza.Porém, este é um mito, não existe leite materno fraco.
Tatiana explica que as principais causas de desnutrição derivam de quatro condições elementares:.


[L_RANDNUM-10-999]